sexta-feira

Boas Festas e Sugestões de Presentes



Desejos de um Feliz Natal e um Bom Ano Novo.

Para quem procura aquele presente ou para quem só agora começou a pensar no assunto deixo aqui duas sugestões de presentes:

Para quem tem saudades de jogar Monopólio, mas está disponível para outras variantes chegou agora o Bookopoly. As regras são sensivelmente as mesmas do jogo original:

- Com o dado, vai-se avançando para livros e compra-os; depois cobra-se uma renda de acordo com a qualidade do livro e/ou autor; (Que livro/autor será o Rossio ou a Avenida da Liberdade?!)
- Constroem-se livrarias se tiver 3 livros e depois uma biblioteca se conseguir construir 3 livrarias; (achei esta ideia de relacionar as livrarias com as bibliotecas muito interessante!)
- Em vez de ir para a prisão, tem de ir ver televisão e a companhia da água ou da electricidade foram nesta versão substituídas por géneros literários. (Também podiam ser as editoras...)
Poderá ser este um jogo de sucesso nas bibliotecas portuguesas?!?!? Vamos aguardar pela adaptação portuguesa.
O jogo está disponível no site da Amazon.

Para quem procura leituras aqui fica um dos mais recentes sucessos norte-americanos...

Dewey - o gato que comoveu o mundo, da autoria de Vicky Myron.

"Como é possível que um gato abandonado transforme uma pequena biblioteca, salve uma típica cidade americana e se torne famoso em todo o mundo?
A história de Dewey começa da pior forma possível. Com apenas algumas semanas, na noite mais fria do ano, foi enfiado na caixa de devolução de livros da Biblioteca pública de Spencer. Encontrado na manhã seguinte, Dewey conquistou o coração de todos os funcionários da biblioteca, ao distribuir por todos gestos de agradecimento e amor.
Nos anos que se seguiram, nunca deixou de encantar as pessoas de Spencer com o seu entusiasmo, vivacidade e, acima de tudo, o seu sexto sentido: percebia sempre quem necessitava mais dele.

VICKI MYRON nasceu numa pequena quinta no estado de Iowa. Aos 34 anos, mãe solteira após um casamento falhado e uma vida repleta de privações, licenciou-se com distinção na Mankato University do Minnesota. Trabalhou 25 anos na Biblioteca Pública de Spencer, 20 dos quais como directora. Bret Witter é editor e escritor. Ajudou Vicki Myron a pôr no papel a história de Dewey."

Imagem: Amazon e Fnac

3 comentários:

Ana Arnold Guerreiro disse...

:-)
Se existem "ratos" de biblioteca, é justo que também existam GATOS! São seres encantadores, com uma habilidade te entrar e tomar conta das nossas vidas de uma forma muito sedutora e sempre inédita.
Gostei de saber desta história, transposta para PT, poderia ajudar algumas pessoas mal-humoradas que entram nas BMs...
TB me lembra o SAGA... Que tarde, que animação aquela coisinha gerou nas nossas salas :-)
Bjs

Susana Carinhas disse...

Olá B.
Obrigada pelas sugestões, mas vou dar mais algumas:
O setimo selo, José Rodrigues dos Santos
Os retornados, Júlio Magalhães
O último voo do flamingo, Mia Couto

Bom Ano de 2009 e Boas Leituras

Bruno Duarte Eiras disse...

Anita,
Vivas os gatos e os ratos de bibliotecas!
Bons tempos e boas lembranças!
Bjs,

Suse,
Obrigado pelas sugestões. Bom ano!
Bjs